Conceito

Reprodução de uma mercearia antiga, típica das aldeias/vilas alentejanas, onde se vendem não só produtos regionais, como também alimentos/bens necessários ao dia-a-dia de uma comunidade, ou pequenas lembranças (artesanato típico) aos visitantes.

Certos espaços, bem como certos produtos, conseguem contar histórias sobre uma determinada comunidade, sobre as suas vivências, sobre a sua identidade comum. A Mercearia de Marvão tem como intenção valorizar os produtos sobreviventes ao tempo e à massificação do consumo, dar escoamento à produção regional e revelar Marvão enquanto marca e enquanto produto turístico Assim, conseguiremos passar aos nossos clientes uma imagem de qualidade e proporcionar, através de uma casa comercial, uma experiência genuína e autêntica.

A ideia de serviço à comunidade local e não só ao turista, pretende manter-se com a venda de produtos de mercearia, serviço inexistente e de inegável necessidade e utilidade.

O local

Situado na Rua do Espírito Santo nº1, junto à Praça do Pelourinho e ao edifício da Câmara Velha, no início da rua de acesso ao castelo, o edifício possuí, no seu rés-do -chão a típica “loja” das casas marvanenses.

Desconhecendo-se a antiguidade do imóvel e as obras lhe foram sendo feitas ao longo dos tempos, sabemos, no entanto, que em meados do século passado ali esteve sedeada aCasa do Povo, constituindo, assim, o edifício, um importante espaço da vida pública da localidade.

Valências
1. Mercearia
2. Loja de Artesanato
3. Taberna (naturalmente adaptada, à venda de bolos e licores tradicionais)

Os nossos produtos | Coisas boas da nossa terra | Loja online