As nossas sugestões

A Vila de Marvão intramuros

O velho burgo nasceu ao longo do carreiro, de melhor percurso, que conduzia ao castelo. É por esta razão que as Portas da Vila estão a SE e que o percurso composto pela Rua das Portas da Vila, Praça do Pelourinho, Rua do Espírito Santo e Rua do Castelo, é o mais rico em património arquitectónico. Aí pontua a arquitectura tradicional, com apreciável decoração dos vãos de portas e janelas.

O Castelo apresenta dois recintos interligados e uma cisterna monumental visitável. A cerca urbana emoldura completamente o casario.

Quer descobrir mais? Pergunte-nos como!

O Convento de Nossa Senhora da Estrela

As primeiras edificações góticas, em Portugal, chegaram através das Ordens Mendicantes. O Convento Franciscano de Nossa Senhora da Estrela está nesta sequência. Instituído, em 1448 e associado à memória de uma “aparição” da Virgem, foi construído, dentro do estilo gótico, vigente na altura, revelado no seu interior, capela e claustro, e, exteriormente, pelo portal com arquivolta de arcos quebrados, emoldurada por um gablete.

Frente ao portal, um cruzeiro “manuelino”, do século XVI, de mármore, com coluna torça e capitel trabalhado.

O convento de Nossa Senhora da Estrela alberga a imagem da padroeira do concelho, com o mesmo nome. A vista proposta  contempla a igreja, a exposição que aí está montada, bem como uma abordagem às lendas e vivências religiosas do povo marvanense ao longo da história.

Os percursos pedestres

Existem os sinalizados pelo Parque Natural da Serra de São Mamede: o de Marvão, que percorre a “calçada medieval” que conduz à Portagem; o dos Galegos, a rodear Marvão pela zona raiana e bravia do Nascente.

Marvão descobre-se a pé e existem imensos percursos por onde escolher. Se quiser saber mais sobre as histórias do contrabando, aventure-se numa caminhada pelos trilhos da fronteira.

Conhecer Marvão | Visitas acompanhadas | Actividades desportivas | Festas e Eventos